quinta-feira, 29 de maio de 2008


Eu nunca quis machucar ninguém...

Às vezes tenho a impressão que querendo ou não o final é sempre o mesmo, olha eu aí novamente ferindo os outros...

Ela sempre pensou assim "Alguém tem que fazer o trabalho sujo de mostrar como é a realidade. Se isso tem que ser aprendido, então, que seja logo de uma vez comigo!"

Mas acontece que dói...e a dor das pessoas se reflete em dor em mim também...

Juro que não era essa a minha intenção, mas já é automático, faz parte de mim, e, apesar de tudo, não sei se quero mudar...

2 comentários:

Beatriz disse...

A gente fica confuso, às vezes... Por um lado não queremos magoar e magoar nos faz sofrer também.
Por outro lado sabemos que magoamos, querendo ou não, e que magoar faz parte do nosso amadurecimento e do amadurecimento do outro.
Por um lado é cruel e não nos identificamos com isso. Por outro lado, se aceitamos o papel de "carrasco" tudo fica tão mais leve...
A grande questão, Kézia, independentemente da aceitação das outras pessoas, está em aceitar-se como se é e como se pode ser...
Beijos,
Beatriz

yurael disse...

Dicinho!!!
pois é...nem tudo é tão facil o quanto parece,mas se vc achar q é facil vai ser facil!!
E o problema não é só vc....os outros é q não são brasileiros o sulficiente, e desistem muito facil quando encontram um primeiro obstaculo...
e eu acho q sei quem te fez ficar mal...mas não se preoculpe essa sensação será passageira, e acabará antes q vc possa achar o significado de aisukidesu!!
uahsaushuahsuahsuahsuahshs
Relaxa q tudo passa e issoum dia não passará de simples lembranças ruins, porem apenas lembranças...
^^
se cuida!
bjão