quinta-feira, 30 de novembro de 2006


Feche os olhos, esqueça de tudo e só sinta o momento...

segunda-feira, 27 de novembro de 2006

sábado, 25 de novembro de 2006

"-Espinho não serve para nada. São pura maldade das flores.
-Oh!
Mas após um silêncio, ele me disse com uma espécie de rancor:
-Não acredito! As floressão fracas. ingênuas. Defendem-se como podem. Elas se julgam terríveis com os seus espinhos..."

(Trecho de "O pequeno príncipe")

PS.: Elas são muito ingênuas...se acham fortes, amedrontadoras, só porque possuem 3 ou 4 espinhos acreditam que podem se defender sozinhas e que não precisam de ninguém...mas na realidade, elas são as mais frágeis das criaturas...precisam de proteção mais do qualquer outro ser...

sexta-feira, 24 de novembro de 2006

"Acho que é difícil acreditar que a vida foge ao nosso controle..."

domingo, 19 de novembro de 2006

"vai ficar...espero que fique... "

Esperava que ficasse, mas não ficou...não msm...não gosto mais e ponto (queria que fosse assim tão fácil)...
Livia,
Não...não é por causa do PAS não...to nem ai pra ele, não vou passar msm, aliás, nem quero passar, ou então minha vida dá outro giro de 180º e eu fico tonta de novo....ahhhhhhhhhh.....

sábado, 18 de novembro de 2006

Gritar, gritar e gritar

AAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!!! *grita, grita mto*

Eu quero grita, brigar, explodir...

AAAAAAHHHHHHHHHHHHH !!!!

PS.: Não sei...sei lá...eu só queria não estar assim...

sexta-feira, 17 de novembro de 2006

Princípio da incerteza


' Princípio da incerteza

Acho que quero
acho que posso
não...talvez

É! Quero

Não vou
não sei
acho que...

é verdade
pode ser

eu fico
eu digo
não fico
ou digo
que não
não fico
e no fim
eu grito

queria
não sou
seria
não quero

ouvia
não vejo
veria
não ouço

em fim...
é, não é
pode ou não
depende se é...

por fim...
pode ser,
quem sabe
algum dia,
por mim... '

por Kézia
03/03/2005

quinta-feira, 16 de novembro de 2006

' ...

Difícil acreditar (ou melhor) difícil aceitar,
que as pessoas tem uma vida
independente de você
que elas tiveram um passado...

Existem pessoas especiais
e você não as conhece,
existiram pessoas importantes
e você não ficou sabendo...

Sua vida existe,
seu passado existiu,
e nada o apagará!

Pessoas passaram,
pessoas marcaram,
e elas não serão esquecidas...

Mas, você não se importa com isso...
a única coisa que te preocupa...
é o que você não conhece... '

por Kézia
09/11/2006

PS.: Isso é de um egoísmo sem tamanho...mas é a pura realidade...a sua vida não te preocupa, o que fará ou não diferença, o que causará ou não alguma atitude vinda do outro, na verdade não te afeta.
A única coisa que de fato faz diferença, é a vida do outro...Com quem você anda? Com quem você fala? De quem você gosta? Como? Quando? Onde? Por que? Perguntas que exigem respostas, cobranças...
Às vezes, essas não são as perguntas a serem feitas, é tudo uma questão de confiança, que é adquirida com o tempo...só ele faz realmente a diferença...

domingo, 12 de novembro de 2006

"Não tente me entender, tente ver além do que aconteceu..."
"Somos livres para as escolhas, mas escravos das conseqüências"

Roupa Nova - Bem maior
Dan Fogelberg - versão: Aldir Blanc

Bem maior do que os mares mais profundos
Bem maior do que os campos que eu vi
Bem maior que o teatro das estrelas
É meu amor por ti

Com a força infinita das rochas
Tem mais luz que o sol põe no rubi
Muito mais do que os verdes das matas
É meu amor por ti

Assim como no inverno
E o sol quente no verão
Eu vou ser a primavera
Do teu coração

Foi assim que escrevemos nossa história
É o livro mais lindo que eu li
Uma flor azul que me traga na memória
O meu amor por ti
O meu amor por ti

sábado, 11 de novembro de 2006

Comentando comentários

Tenho váaaaarios comentários a fazer, mas vou por partes...quando eu estiver inspirada, faço tds bem poéticos....

Natália, não é greve nao...sabe quando vc está com a cabeça a mil, mas não consegue escrever nada?!
Pois é, assim que estou...tenho inúmeras coisas a dizer, a mostrar, a mudar por aqui...mas não consigo expressar tudo isso, tento escrever, mas....sei lá...
Mas é só uma fase, vai passar...

PS.: Obrigada pela presença sempre constante!! XD

B-jos e...
Até

domingo, 5 de novembro de 2006

Tim Maia - Gostava Tanto de Você

Não sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristeza vou viver
E aquele adeus não pude dar

Você marcou a minha vida
Viveu, morreu na minha história
Chego a ter medo do futuro

E da solidão que em minha porta bate

E eu
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você

Eu corro, fujo dessa sombra
Em sonho vejo este passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato

Não quero ver pra não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista
O pensamento em você ...


E eu
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você
"Tu és responsável pelo aquilo que cativas..."

PS.: Responsabilidade demais...

sábado, 4 de novembro de 2006


"E de repente...sente seus olhos encherem de lágrima...um aperto no peito, falta de ar...perde os sentidos, fica completamente sem chão...uma dor que nao sabe muito bem explicar...

...

Pela primeira vez sente-se ameaçada...sente que pode (finalmente) perder..."

PS.: Isso não é bom...
Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade.
Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os teus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias.
Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda.
Durma no outro lado da cama... depois, procure dormir em outras camas.
Assista a outros programas de tv, compre outros jornais...leia outros livros,Viva outros romances.
Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde.
Durma mais cedo.
Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias.
Tente o novo todo dia, o novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor, a NOVA VIDA.
Tente.
Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.
Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado... outra marca de sabonete, outro creme dental... tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores.
Vá passear em outros lugares.
Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escreva outras poesias.
Jogue os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.
Abra conta em outro banco.
Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.
Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um outro emprego, uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.
Seja criativo(a).
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino.
Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude, de novo.
Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia.
Só o que está morto não muda!
Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena!!!!

(EDSON MARQUES)

PS.: Falar é fácil....o difícil é de fato mudar...
" (...)
Ela: - Quem brinca com fogo termina se queimando...
Eu: - (risinho) ahhhh....nem eh...tá, eu sei...mas...
(...) "

PS.: Eu sei, mas e se eu quiser pagar para ver?!...Enquanto só eu sair ferida tudo está bem..o problema é que isso está além das minhas possibilidades de controle...o que me faz pensar...