terça-feira, 30 de novembro de 2010

Ser intenso e extremo não quer dizer que deve se jogar na piscina  sem verificar se ela tem água. Isso não é 'extremidade' e muito menos 'intensidade', para mim é 'burrice'.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

"Quando minha auto-estima está em suas piores fases, é aí que a coisa pega: fico com mania de perseguição, acho que tá todo mundo querendo foder comigo, que existe um complô universal contra a minha frágil pessoa. Meu ataque nada mais é do que a defesa amedrontada de uma menina boba."

(Tati Bernardi)

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Comentando Comentários (edição especial)

Sr. Sete,

"Dia 14 de novembro li que estavas com uma breve crise... E os comentários chatos e previsíveis diziam que ela ia passar. Eu digo, Não existe plural para a palavra crise. Ela é uma só. Que dorme. Hiberna. E quando volta a acordar está melhorada e fortificada.
É bem do jeito que escreveste "AS CONCLUSÔES A QUE CHEGUEI NÃO SÃO NADA CONCLUSIVAS".
Insólito... Estou em crise (é, a minha acordou e acordou disposta)."



Antes de qualquer  coisa, seja bem vindo de volta!
Sabe... não acredito nessa história de 'crise'. É fácil sair por aí falando e fazendo besteira e depois colocar a culpa na pobre da crise.
Depois de tanto tempo "tranquila" acho que as pessoas se assustaram com um desabafo.
Não estou ou estava em crise, creio que SOU uma crise, e penso que você deve entender como é.
Sobre o seu post sobre o twitter, bem não o possuo mas tenho outros 2 blogs, um flickr, um flog e um tumblr. São outras formas de comunicação que descobri com o tempo, mas como dizem: o bom filho a casa torna. Esse blog, mais do que por ser um blog e sim pela história que ele possui, é único e insubstituível. Talvez seja assim para você também.

Quanto a sua crise, bem, penso que o segredo é o equilíbrio entre você e ela.
Fique bem e conte comigo. ;)

domingo, 21 de novembro de 2010

Conclusões e TDAs

Tem uma música, que eu não lembro qual e, sinceramente, não quero ir procurar, que diz mais ou menos assim:
" Cheguei a conclusão de que as conclusões a que cheguei não são nada conclusivas "
Penso que essa frase traduz muito bem o TDA, um pensamento que não chega nunca ao fim.

Ironia ou não, essa frase sempre foi um pouco do resumo de mim mesma.




P.S.: Um dia desses eu conto a minha relação íntima com o TDA
Sabe aqueles dias que você acorda com o pé direito (tendo em vista que eu sou canhota) , o dia tem tudo para dar errado e termina tudo muito bem?!

Pois é, ontem o dia foi assim. =)

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

~~Não sei se eu saberia chegar até o final do dia sem você~~

domingo, 14 de novembro de 2010

Eu ainda vou esfregar muita coisa na cara de muita gente!


Olha..eu estou cansada..cansada de tudo e principalmente todos.
Acho muito indígdo me cobrar e não pensar em mim.
............. 

sábado, 13 de novembro de 2010

Conviver comigo mesma tem sido uma batalha constante..

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

"Automedicar TDA com álcool e outras drogas é como apagar fogo com gasolina. Sua vida pode explodir se você tentar apagar as chamas do TDA."

(Ana Beatriz Barbosa Silva - Mentes Inquietas)

domingo, 7 de novembro de 2010

Nada de azul

~~Tudo azul, completamente blue, tudo azul, vou sorrindo e vou vivendo~~

Essa história de tudo azul não é comigo não!!
A verdade é que eu sou de todas as cores. 
Para viver vou sorrindo e vou chorando.
Ninguém é uma coisa só.
Desconfio desses extremos que não saem das pontas.

sábado, 6 de novembro de 2010

É esquisito..
Durante muuuuito tempo esse blog foi a minha vida, sabe?!
Mas hoje sei lá..
A falta de tempo atrelada a outras formas de me expressar estão me tomando tanto que ele tá meio em segundo plano.
Continuo pensando trocentas coisas para cá, mas cada vez mais penso e cada vez menos as ponho em prática.

E o mais estranho, afinal, é que eu sinto falta..

Enfim..

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

"(...)

Ele: - Kézia, você é a pessoa não religiosa mais espiritualizada que eu conheço.
Eu: - Pois é..Eu cresci assim.

(...)"