domingo, 21 de novembro de 2010

Conclusões e TDAs

Tem uma música, que eu não lembro qual e, sinceramente, não quero ir procurar, que diz mais ou menos assim:
" Cheguei a conclusão de que as conclusões a que cheguei não são nada conclusivas "
Penso que essa frase traduz muito bem o TDA, um pensamento que não chega nunca ao fim.

Ironia ou não, essa frase sempre foi um pouco do resumo de mim mesma.




P.S.: Um dia desses eu conto a minha relação íntima com o TDA

2 comentários:

Talita Corrêa disse...

Queria q isso acontecesse comigo... pq qdo eu não acordo bem, sei q a bruxa tá solta e aí f****!! rs.

Bj

Sr. Sete disse...

Dia 14 de novembro li que estavas com uma breve crise... E os comentários chatos e previsíveis diziam que ela ia passar. Eu digo, Não existe plural para a palavra crise. Ela é uma só. Que dorme. Hiberna. E quando volta a acordar está melhorada e fortificada.

É bem do jeito que escreveste "AS CONCLUSÔES A QUE CHEGUEI NÃO SÃO NADA CONCLUSIVAS".

Insólito... Estou em crise (é, a minha acordou e acordou disposta).