domingo, 27 de agosto de 2006

"Perder e ganhar faz parte do jogo!"

(Frase dita por Bernardinho - técnico da seleção brasileira masculina de vôlei - ao ganhar o HEXA campeonato da Liga Mundial)

PS.: É como eu digo, essa história de que "o importante é competir" é coisa de quem nunca ganhou!!! hehehehe...
(Texto baseado em "A arte de perder - Elizabeth Bishop")

...

"A arte de perder é aprendida com o tempo
Tantas coisas que parecem isuportáveis
são na verdade questão de adaptação

Tente perder algo todos os dias
perca a hora, o ônibus, a cabeça
aceite o que a vida tem a oferecer
mesmo que pareça difícil

Perder lugares, pessoas, sentimentos
Perder amigos, amores e mesmo um universo inteiro
não é o que parece
na realidiade...é inevitável

'A arte de perder não é difícil de dominar
embora sempre continue parecendo um desastre.' "

22:07 27/8/2006

por Kézia

PS.: Nada em especial, para ninguém em especial, nenhuma mensagem por trás....mas, é algo a se pensar "aceite o que a vida tem a oferecer"...às vezes é tão difícil aceitar...
Lulu Santos - Um certo alguém

Quis evitar teus olhos
Mas não pude reagir
Fico à vontade então
Acho que é bobagem
A mania de fingir
Negando a intenção


Quando um certo alguém
Cruzou o teu caminho
E mudou a direção

Chego a ficar sem jeito
Mas não deixo de seguir
A tua aparição

Quando um certo alguém
Desperta o sentimento
É melhor não resistir
E se entregar

Me dê a mão
Vem ser a minha estrela

Complicação
Tão fácil de entender

Vamos dançar,
Luzir a madrugada
Inspiração
Pra tudo que eu viver

Quando um certo alguém
Cruzou o teu caminho
É melhor não resistir
E se entregar

Me dê a mão
Vem ser a minha estrela

Complicação
Tão fácil de entender

Vamos dançar,
Luzir a madrugada
Inspiração
Pra tudo que eu viver
Que eu viver

Quando um certo alguém
Desperta o sentimento
É melhor não resistir
E se entregar

sábado, 26 de agosto de 2006

Chico Buarque - Até O Fim

Quando eu nasci veio um anjo safado
O chato "dum" querubim
E decretou que eu estava predestinado
A ser errado assim
Já de saída a minha estrada entortou
Mas vou até o fim


"Inda" garoto deixei de ir à escola
Cassaram meu boletim
Não sou ladrão, eu não sou bom de bola
Nem posso ouvir clarim
Um bom futuro é o que jamais me esperou
Mas vou até o fim

Eu bem que tenho ensaiado um progresso
Virei cantor de festim
Mamãe contou que eu faço um bruto sucesso
Em Quixeramobim
Não sei como o maracatu começou
Mas vou até o fim

Por conta de umas questões paralelas
Quebraram meu bandolim
Não querem mais ouvir as minhas mazelas
E a minha voz chinfrim
Criei barriga, a minha mula empacou
Mas vou até o fim

Não tem cigarro acabou minha renda
Deu praga no meu capim
Minha mulher fugiu com o dono da venda
O que será de mim ?
Eu já nem lembro "pronde" mesmo que vou
Mas vou até o fim


Como já disse é um anjo safado
O chato "dum" Querubim
Que decretou que eu estava predestinado
A ser todo ruim

Já de saída a minha estrada entortou
Mas vou até o fim

domingo, 20 de agosto de 2006

" - Tenho preferido ficar sozinha a me meter em encrenca.
- Pára de fugir! Tem alguma coisa acontecendo entre a gente, ou não tem?!? "


Ahhhhhh...a resposta não importa muito, sem encrencas...e ponto...


Mas que é difíiiiicil...isso é...
" - Sabe o que é? Cansei! A vida é cruel, mas as mulheres são mais!
Eu tô te agüentando desde que a gente se conheceu, 'tô' dando o troco, tchau!! "

(Páginas da vida)

PS.: Nunca algo coube tão bem em um pensamento...
Claudio Zoli - Noite do Prazer

A noite vai ser boa
De tudo vai rolar
De certo que as pessoas
Querem se conhecer
Se olham e se beijam
Numa festa genial

Refrão:
Na madrugada a vitrola rolando um blues
Tocando B. B. King sem parar
Eu sinto por dentro uma força vibrando uma luz
A energia que emana de todo prazer

Prazer em estar contigo
Um brinde ao destino

Será que o meu signo
Tem a ver com o seu?
Vem ficar comigo
Depois que a festa acabar

Refrão

sexta-feira, 18 de agosto de 2006

Olá!
Eu, hj (e ultimamente tb) ao som dessa música (e de outras tb)...

Seu Jorge - Cotidiano
by Chico Buarque

Todo dia ela faz tudo sempre igual,
Me sacode as seis horas da manhã.
Me sorri um sorriso pontual,
E me beija com a boca de hortelã.

Todo dia ela diz que é pra eu me cuidar,
Essas coisas que diz toda mulher.
Diz que está me esperando pro jantar,
E me beija com a boca de café.

Todo dia eu só em penso em poder parar.
Meio-dia eu só penso em dizer não.
Depois penso na vida pra levar,
E me calo com a boca de feijão.

Seis da tarde como era de se esperar,
Ela pega e me espera no portão.
Diz que está muito louca pra beijar,
E me beija com a boca de paixão.

Toda noite ela diz pra eu não me afastar.
Meia-noite ela jura eterno amor,
E me aperta pra eu quase sufocar,
E me morde com a boca de pavor.

domingo, 13 de agosto de 2006

Conversando com um amigo ele diz: "Pontos de vista não existem"...
Será mesmo que não?!
Bem e mal, bom e ruim, certo e errado, são coisas bem relativas, e que vistas de ângulos diferentes têm interpretações contrárias, a minha visão pode não ser igual a de outra pessoa, e nem por isso ela está errada...e ai?!? isso não pode ser chamado de "ponto de vista diferente"?
É mesmo tão necessário essa crença da existência de uma verdade plena e absoluta sobre tudo, onde a opinião de outrem é irrelevante?
Acredito que é só mais um meio de impor o domínio, a influência perante os demais...

Mas...esse é só o meu ponto de vista sobre o assunto...
Claudio Zoli - Paraíso

Um aviso veio, para nos dizer
Um minuto e meio pra se entender
Nesse meio tempo tudo aconteceu
Menos de um segundo você e eu

Canso demais, dispenso tudo
Penso demais, descanso muito
No paraíso...

No paraíso,
Um dia impossível a gente esquecer
É esquisito,
eu fico mais tranquilo com você

Um aviso veio, para nos dizer
Um minuto e meio pra se entender
Nesse meio tempo tudo aconteceu
Menos de um segundo você e eu

Canso demais, dispenso tudo
Penso demais, descanso muito
No paraíso...

No paraíso,
Um dia impossível a gente esquecer
É esquisito,
eu fico mais tranquilo com você...


Canso demais, dispenso tudo
Penso demais, descanso muito
No paraíso...

No paraíso,
Um dia impossível a gente esquecer
É esquisito,
eu fico mais tranquilo com você...

sábado, 12 de agosto de 2006

Seria diferente...

...se os sonhos que a gente gosta
não terminassem tão de repente!
...se a gente que a gente gosta
gostasse um pouco da gente!
...se quando a gente chorasse,
fosse de contente!
...se a gente que a gente ama
sentisse o que a gente sente!

Mas...é tudo tão diferente...!
Os sonhos de que a gente gosta
terminam tão de repente...
Os bons momentos da vida
não duram eternamente...
A gente de que a gente gosta
nem sempre gosta da gente...
Das vezes de que a gente chora,
poucas vezes são de contente...
E a gente que a gente ama
não sente o mesmo que a gente...

(Autor desconhecido)
Mesmo indiretamente, sempre influencio...FANTÁSTICO, porém, assustador...gosto disso...

sábado, 5 de agosto de 2006

" (...)

Ele: (ação)
Eu: (reação)
Ele: - Tenho que parar de te ensinar as minhas filosofias....
Eu: - Por que?
Ele: Você aprende rápido...
Eu: hehehe...É!

(...) "

É, não gosto muito de cometer o mesmo erro mais de uma vez...