sábado, 18 de julho de 2015

Eu não uso shorts!


Eu estava olhando as fotos uma blogueira e concluí "Ela usa bastante short".
Claro que não ficou ficou por aí, fui me analisar diante da constatação sobre a moça.
Não, eu não uso short. Para não ser radical e dizer que não uso nunca, eu uso em casa, e tenho um que vou à padaria às vezes, e ao parque.
Maaaas, porrr queee eu não uso short? Eu me peguei fazendo essa pergunta para mim mesma.

Acho que é um misto de várias coisas. A insegurança comigo mesma talvez seja a principal delas. Eu fui uma criança gorda, sempre tive perna grossa, conforme fui crescendo fui emagrecendo, mas as pernas continuaram grandes, isso para mim é complicado, talvez eu me veja maior do que realmente sou, mas é só talvez mesmo. O fato é que de short me vejo como uma daquelas mulheres frutas (absolutamente nada contra elas) e eu não gosto do que eu vejo.

Outro fato é que, exatamente por me ver como fruta, eu fui ficando meio que com medo de sair na rua de short, sozinha então pior ainda. E vem junto todo esse machismo opressor em que as mulheres são vistas como pedaços de carne feitos para satisfazer a vontade dos homens que não podem e nem sabem controlar os seus instintos.

Bem, acho que falar sobre o "problema" é o primeiro passo para conseguir superá-lo.

É muita coisa para ser mudada, em mim e na sociedade. É mudança demais para ser mudada sozinha.
Tem que começar por algum lugar, que seja pelo short! 

segunda-feira, 13 de julho de 2015

~~ E de repente o vinho virou água, e a ferida não cicatrizou, e o rio por si sujou e no terceiro dia ninguém ressuscitou~~