quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

sábado, 17 de novembro de 2012

Só para dizer que estou viva

Estava eu caminhando com a mamãe, quando escuto a seguinte frase:

"Éhhhh, de quê adianta andar de carro e não ter dinheiro no banco?!"

A moça toda indignada conversando com a outra.

Eu prontamente (e mentalmente) respondi:

"É, e de quê adianta andar de ônibus para ter dinheiro no banco?!"
















P.S.: Sei que essa é uma questão muito mais profunda que vai bem além do ser ou não ser, mas achei bem inusitado o questionamento.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Exagerado!!!

Tenho uma personalidade excessiva. Valorizo demais, me importo demais, me apego demais e amo demais. Exagero em tudo.
Pedro Pinheiro



PS: Exagerado, jogado aos seus pés eu sou mesmo exagerado!

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Dior ADDICT Fragrance

Gostei tannnnto do vídeo, da música, da modelo, das poses, enfim, de TUDO!!
Sim, eu fiquei me imaginando no lugar da modelo, e me vi tirando muuuitas fotos inspirada no vídeo, se a ideia for para frente eu tento mostrar algumas fotos por aqui ^^


quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Era para ser amarelo, mas...

Vontade de fotografar os Ipês amarelos que estão aparecendo com tudo em Brasília, tem uma promoção do Correio Brasiliense exatamente sobre os Ipês amarelos, mas acaba amanhã e eu não tenho perspectiva de encontrar um Ipê amarelo..mimimi


Esse é um Ipê rosa que floriu um junho na faixa verde da rua de cima =)
Quem não tem cão caça com gato mesmo, né?!

sábado, 4 de agosto de 2012

A gente só consegue ajudar quem quer ser ajudado.

E ponto!

quinta-feira, 26 de julho de 2012

“A mais carinhosa também é a mais bruta, a mais inteligente é ao mesmo tempo a mais sensível, a mais bonita é a mais emburrada, a mais esperta é ao mesmo tempo a mais mundo da lua, a mais bem humorada também é a mais chorona, a mais falante é ao mesmo tempo a mais secreta, a mais velha é ao mesmo tempo a mais moleca, a mais moça também é a mais madura uma não vive sem a outra, e eu não vivo sem as duas.”

—     Martha Medeiros

domingo, 8 de julho de 2012

Coração Gelado

Quem se lembra dos ursinhos carinhosos?


Eu estava pensando nesse desenho, mais precisamente no Coração Gelado.
Acho que sou meio que como ele, ele era mau, mas às vezes se deixava derreter um pouquinho.

Hoje eu não me vejo mais como MAU, já 'cresci' o sufiente para perceber que eu sou muito mais boba e melhor do que eu imaginava.
Porém, tenho consciência também de que o meu mau do coração não é a maldade, não, eu não tenho sopro no coração, o mau está ligado ao...a...é, não encontro uma palavra para descrever...
É um sentimento de pesar, pesado, difícil de carregar, aquela coisa que aperta, sufoca, me fecha, me aperta, e eu termino sempre sem voz e com lágrimas nos olhos.

E daí que eu escuto sempre o seguinte: Você tem que abrir o seu coração!!
Eu repondo perguntando, me perguntando: COMO?!?!?!

E termina assim...

terça-feira, 19 de junho de 2012

Bem vindos ao circo!


Então, dia desses eu decidi que queria uma foto minha em frente ao circo. Tipo foto de editorial de moda, saca?! Com uma iluminação de fim de tarde, vestido longo esvoaçante e a edição com carinha de foto antiga.

Maaaaaaaas, o clima estava feio e o mais complicado: Não tinha circo na cidade!!!




Bem, quem não tem cão caça com gato, não é mesmo?!

E foi assim que surgiu essa imagem. =)

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Sobre relacionamentos

Eu sempre tive uma certa aversão a relacionamentos.
Tem muito envolvido. O meu psicológico é complexo demais às vezes.
Mas o foco do que eu quero tratatar examente não é esse.

A questão é:

Para começar um relacionamento as duas partes devem querer.
Agora, para terminar, apenas um precisa desejar (o fim), ou não desejar mais (o outro ou a relação).

Acho essa uma imposição muito injusta, até porque não existe um equilíbrio, alguém sempre vai gostar mais e consequentemente alguém vai gostar menos.
É o lance da faca de dois gumes ou as faces da mesma moeda e todos esse ditados que tentam explicar o que na verdade nem eles entendem, o que eu não entendo e talvez nunca entenda (o ditado e o relacionamento).

Mas enfim.

Só um desabafo mesmo.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Uma palavra errada da pessoa certa
 causa muito mais consequências 
que um discurso certo da pessoa errada

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Eu grito: Calma alma minha!

“A calma é o lugar onde a criatividade e as soluções dos problemas são encontradas” 

“O Poder do Silêncio” de Eckhart Tolle

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Orgulho de mim mesma e o balão

Então, eu não tenho o costume de postar fotos aqui, fotos minhas então menos ainda, eu nunca quis misturar as coisas aqui no blog, maaaaaaas...

Vamos lá, eu tirei essa foto lá na Esplana durante o campeonato de balonismo, deu trabaaaaalho conseguir ver os balhões, passei por lá no sábado, mas não pude parar, fui domingo pela manhã e quando cheguei os balões já tinham ido, voltei no domingo a tarde e só teve 2 balões por causa do vento que estava forte, enfim, foi meio frustante mas consegui algumas fotos.

Depois eu vejo se coloco outras fotos do mesmo dia por aqui ^^



Essa é a foto original, mas achei que estava muito poluída, por isso resolvi fazer algumas modificações.















E foi assim que ficou depois de 2 dias de edições.
Eu olho e sempre encontro imperfeições, uma árvore meio torta aqui, um gramado desfocado ali, mas no todo eu gostei bastante do resultado. =)

Ah, o céu é do mesmo dia, porém de uma outra foto.






E é isso, gostei tanto de como ficou que tive de mostrar por aqui.

segunda-feira, 30 de abril de 2012

A preguiça é a mãe de toda solidão. 
Levanta desse banco, sai pra rua, viva os amores, 
dilacere corações.
Caio Augusto Leite 

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Sobre cosméticos e alérgicos

Para quem não sabe, vou dizer agora, eu sou uma pessoa alérgica, não só alérgica, mas sim muuuuito alérgica. Quando era menor fiz um teste de alergia e, pasmem, deu reação a tudo, sim, a TU DO.

Dentro desse tudo entram os cosméticos, cremes, perfumes, maquiagens, só não aos específicos para bebês, logo, meu perfume é o 'Natura mamãe e bebê' (quem quiser dica de presente, taí uma opção ;) ), meu demaquilante é o shampoo da Johnsons baby, meu demaquilante para olho é o óleo de bebê também da Johnson e por aí vai.
O problema é que não existe maquiagem para bebês e a minha pele sofre bastante por isso. É passar lápis de olho e começa a irritação, o olho fica vermelho, coça e na pior das hipóteses incha o rosto todo. Tenho de procurar maquiagens hipoalergênicas, que no meu caso não são 100% não alérgicas, mas já ajudam um pouco.
Daí vem as festas: uma noite de festa que exige uma maquiagem mais elabora termina em um mês de pele "estragada",  manchinhas vermelhas, carocinhos, irritação, pele mais sensível, enfim, haja cuidado depois para conseguir fazê-la voltar ao normal.

Tem uma propaganda de um perfume, acho que do Boticário, que sempre que a mãe passa o perfume espirra nos óculos do filho.
É porque ele não é alérgico, se fosse, hum, aquela espirradinha de perfume na cara podia até matá-lo. E sim, eu sei do que estou falando. Perfume pode ser um veneno.
Quantas e quantas vezes eu fiquei a semana toda em crise alérgicorespiratória porque alguém perfumado chegou perto de mim, ai, ai.

Enfim, ser alérgica não é fácil, mas ser alérgica maquiada é mais difícil ainda.

terça-feira, 17 de abril de 2012

3D Street Art


March 2012 in Chiang Mai, Thailand. By Juandrés Vera. Photo by Fredo Reedoo.


Eu achei essa imagem tão impressionante que tive que colocar aqui! *_*

quarta-feira, 4 de abril de 2012

quarta-feira, 21 de março de 2012

Friozinho de leve

Acho curioso como nós (digo nós por inclusão mesmo) aqui de Brasília ao sentir a menor mudança no clima, tipo a temperatura cair de 22º para 20º, já tiramos do guarda-roupa toda uma parafernalha de roupas de frio.

É casaco mais pesado de um lado, cachecol para o outro, bota, aquele lenço mais grosso que não sei o nome, uns panos jogados por cima dos ombros que mais parecem os xales que a minha avó usava. rsrs


E haja frio para esse povo.

Acho que lá no fundo é uma pontinha de frustração por não termos invernos muito rigorosos como lá no Sul.



P.S.: E que fique bem claro: adoooro roupas de frio, mas detesto o frio. Sul, pode ficar com o frio tooodo para você. =p

sexta-feira, 9 de março de 2012

“Tristeza é quando chove
quando está calor demais
quando o corpo dói
e os olhos pesam
tristeza é quando se dorme pouco
quando a voz sai fraca
quando as palavras cessam
e o corpo desobedece
tristeza é quando não se acha graça
quando não se sente fome
quando qualquer bobagem
nos faz chorar
tristeza é quando parece
que não vai acabar.”


(Martha Medeiros)

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Tema do meu dia ontem:

Erva Venenosa
Rita Lee

Parece uma rosa
De longe é formosa
É toda recalcada
A alegria alheia incomoda...

Venenosa!
Êh êh êh êh êh!
Erva venenosa
Êh êh êh êh êh!
É pior do que cobra cascavel
O seu veneno é cruel
EL! EL! EL!..

De longe não é feia
Tem voz de uma sereia
Cuidado não a toque
Ela é má pode
Até te dar um choque...

(Refrão)

Se porta como louca
Achata bem a boca
Parece uma bruxa
Um anjo mau
Detesta todo mundo
Não pára um segundo
Fazer maldade é seu ideal
Oh! Oh! Oh!...

Como um cão danado
Seu grito é abafado
É vil e mentirosa
Deus do céu!
Como ela é maldosa...

Venenosa!
Êh êh êh êh êh!
Erva venenosa
Êh êh êh êh êh!
É pior do que cobra cascavel
O seu veneno é cruel
EL! EL! EL!...

Erva venenosa!
Venenosa! Venenosa!




P.S: E eu entendi, finalmente, o significado da frase "Alegria alheia incomoda"

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Casar ou não casar?

Então, depois desse post da prima Vivi, eu me lembrei de uma história que ficaria melhor aqui do que nos comentários dela.

Essa história de casamento é uma coisa bem delicada, as pessoas acham que mulheres nasceram para casa e procriar e só, e tem de ser assim ou a sociedade, mais cruel do que nunca, vai te massacrar.

Sabe, desde que me entendo por gente que tenho a ideia fixa de não casar e muito menos ter filhos, acho que não sirvo para isso. Mas isso não vem ao caso no momento.

Fiz análise durante uns 6 meses, isso já faz algum tempinho. Durante um dos encontros com a psicóloga ela tentou me convencer de que casar e ter filhos é uma boa ideia e de que com o tempo eu mudaria de ideia, aliás, essa é uma frase que eu escuto o tempo todo "Com o tempo você vai mudar de ideia".
Certo, nada do que ela disse foi novidade para mim, aquela cena, de certa forma, era rotineira, menos por um detalhe: Ela, a psicóloga, pessoa que estava tentando me mostrar que casar é bom e que eu iria mudar de ideia, já com seus quase 40 anos, não era casada e não tinha filhos.
Há!!! Eu, que já sabia disso, olhei nos olhos dela e preguntei "Você é casada?", ela respondeu que não, mais uma vez perguntei "Você tem filhos?" e ela novamente disse "não", continuando o interrogatório "É por opção ou ainda não apareceu a pessoa certa?" e ela, não sei bem se sebendo ou não onde eu estava tentando chegar, respondeu "É por opção, eu nunca quis casar, acredito que não sirvo para ter filhos, me divirto muito com meus sobrinhos e acho o sufuciente"; hummmm, para fechar com chave de ouro eu questionei "Tá, para hoje você não ser casada e não ter filhos, você tomou essa decisão a um tempo atrás, quando ainda era bem jovem, e não mudou de ideia. Por que que EU tenho de mudar de ideia com o tempo?!?!"

Aquela foi a primeira vez que consegui fazer com que ela não tivesse argumentos, ou ao menos não tentasse argumentar. Logo deu a hora de eu ir para casa. Dei um sorriso largo, me despedi dela e saí de lá triunfante, com a sensação que a batalha daquela semana havia sido vencida por mim.

E foi assim. XD

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Fotografia

Então, a verdade é que a minha paixão por fotografia só aumenta!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

3 anos

É engraçado como o tempo passa rápido.
Gosto de lembrar como as coisas aconteceram, como foram fluindo e quando me dei conta já estava (estou) aqui escrevendo sobre 3 anos de namoro.
Constriur uma relação é algo demorado, pede tempo e paciência. Conhecer o outro pelo olhar é uma sensação única.

Sei que nao foi tudo um mar de rosas e acredito que a superação é o que torna tudo muito mais especial.

Gustavo, gosto de você pelo que você é e mais ainda pelo que somos juntos.

Muito obrigada e parabéns por esses 3 anos!!

Amo você meu namorado roxo!

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Nunca Mais
Engenheiros do Hawaii

Não é o que se pode chamar de uma história original
Mas não importa: é a vida real!
Acordar de madrugada vindo de outro planeta
Sentir-se só;
Uma criança num berço de ouro
E a ferrugem ao seu redor
Os muros da cidade falavam alto demais
Coisas que ela não podia mudar nem suportar
Ela quis voltar para casa
Cansou da violência que ninguém mais via
Viu milhões de fotografias e achou todas iguais
Conta pra mim o que te fez chorar
Nunca mais quero te ver chorar!
Conta pra mim o que te fez chorar
Nunca mais quero te ver chorar!
Nunca mais!!!

Ofereci abrigo, um lugar para ficar
Ela me olhou como se soubesse desde o início
Que eu também não era dali
E quando sorriu ficou ainda mais bonita
Tinha a força de quem sabe que a hora certa vai chegar
Lágrimas no sorriso, mãe e filha, chuva e sol
Segredos que não podia guardar, e não conseguia contar

Conta pra mim o que te fez chorar
Nunca mais quero te ver chorar!
Conta pra mim o que te fez chorar
Nunca mais quero te ver chorar!
Nunca mais!!!

Ainda ando pelas mesmas ruas
A cidade cresce e tudo fica cada vez menor
Agora eu sei que a vida não é um jogo de palavras cruzadas
Onde tudo se encaixa
O que será que ela quis dizer?
5 letras, começando com a letra 'A'!


Conta pra mim o que te fez chorar
Nunca mais quero te ver chorar!
Conta pra mim o que te fez chorar
Nunca mais quero te ver chorar!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Ahhh, o verão!!

Não, pera aí, que verão?!?!?!?!?

Quando penso no verão, a primeira coisa que me vem em mente é: A estação mais quente do ano!!
Depois vem o sol e o calor, roupa fresquinha, saias, sorvete e muito picolé.

Acontece que o verão esqueceu de chegar a Brasília, só chove nessa cidade... ;__;
Cadê o calor? Tem uma semana que eu uso roupas quentes e durmo com dois cobertores.

Tá certo que o verão é marcado por chuva, mas..é chuva passageira, no finalzinho da tarde!!
Nada dessa chuva interminável, eu acordo com chuva, durmo com chuva, almoço com chuva, ninguém merece..

Quem nasce para calango não chega a sapo!!!

E eu nasci para calango, que fica lá paradinho só curtindo o sol.

E é isso aí, fica a minha  resignação...

sábado, 7 de janeiro de 2012

"Enquanto houver vontade de lutar, haverá esperança de vencer" (Santo Agostinho).

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012