quinta-feira, 29 de julho de 2010

domingo, 18 de julho de 2010

Um ano e meio

É, eu não pensei que fosse durara tanto não..
Na verdade acho que eu simplesmente não pensei.
As coisas foram acontecendo, acontecendo e acontecendo, e cá estamos nós.

É isso aí.
Que muito mais aconteça!

Amo você MEU complemento roxíssimo!!

Soco no estômago

" - Anna K. a sinceridade só é necessária para quem é importante! "

Cara..Essa frase, que na verdade eu nem concordo, me respondeu muitas perguntas que eu não tinha encontrado a resposta ainda..

Acho que a sinceridade é sempre necessária, mas não dá para cobrar reciprocidade do que eu acho ou deixo de achar.






P.S.: Doeu, me deixou um tempinho sem ar, demorei alguns segundos para processar e por fim entendi.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

E ela foi fazer carreira!!

Então, Tânia, prima Tânia, prima, companheira, amiga de fé e irmã camarada.

É engraçado como eu não me lembro de já ter brigado com ela, olha que eu já briguei muuuuito com todos os primos, me lembro de uma discussão que tivemos uma vez na casa da vovó, sabe-se lá porque, eu gritei, ela gritou, eu saí batendo o pé para um lado e ela para o outro, porque nós sempre fomos assim, quanto menores e mais novas menor o pavio. Despois de alguns minutos estávamos as duas lá fora juntando a bagunça que fizemos durante a tarde. E foi isso, é o máximo que eu lembro de 'briga' com ela.

Eu era muito grande e gorda para a minha idade, mas olhava para ela e a via enorrrrme, magra e alta, beeem alta. Uma vez conversando com ela sobre o quanto eu a achava grande e velha, são 5 anos de diferença, ela disse "Anna, hoje a diferença é realmente grande entre nós, mas quando você tiver 20 anos, não vai mais haver diferença". De fato, hoje eu tenho 21 anos, e não vejo mais deferença, conversamos de igual para igual, não tem mais a história de ela ser mais velha, não a vejo mais assim, e às vezes quando falo com ela lembro de quando havia a diferença e ela sabiamente disse que era temporário.

Quem me conhece a um tempo sabe do quanto eu era apaixonada por Fórmula 1, o que ninguém sabe é que a Tânia influenciou bastante nisso. Ela passava muito tempo na vovó, e eu também, teve um dia que eu estava indo embora já (era tarde) e ela no sofá com uma coberta, eu perguntei se ela ia dormir ali e ela disse que não ia dormir, pois de madrugada tinha corrida e ela queria ver, eu fiquei passada, "como assim você não vai dormir para ficar vendo corrida?! Você é doida!!". Certo, 1 ou 2 anos depois estava eu fazendo exatamente a mesma coisa, madrugada acordada para assistir corrida, é a vida.

Ontem eu fui tomar sopa na casa dela, hoje ela foi para Bento Gonçalves, ela foi mas ela volta, depois ela vai e não sei quando volta, aí eu vou atrás dela e fica assim.

É, vou sentir saudade de falar com ela quase todos os dias, de conversar sobre o quanto nos achamos loucas mas na verdade não passamos de humanas, de dar consultorias para ela, de chamá-la para para passar o final de semana comigo, de jogarmos com amigos, enfim, da convivência.

É isso.
Ela foi atrás da carreira dela, e eu tenho orgulho disso!!

sexta-feira, 2 de julho de 2010

~~Quem sabe eu volte cedo ou não volte mais~~