quarta-feira, 21 de março de 2012

Friozinho de leve

Acho curioso como nós (digo nós por inclusão mesmo) aqui de Brasília ao sentir a menor mudança no clima, tipo a temperatura cair de 22º para 20º, já tiramos do guarda-roupa toda uma parafernalha de roupas de frio.

É casaco mais pesado de um lado, cachecol para o outro, bota, aquele lenço mais grosso que não sei o nome, uns panos jogados por cima dos ombros que mais parecem os xales que a minha avó usava. rsrs


E haja frio para esse povo.

Acho que lá no fundo é uma pontinha de frustração por não termos invernos muito rigorosos como lá no Sul.



P.S.: E que fique bem claro: adoooro roupas de frio, mas detesto o frio. Sul, pode ficar com o frio tooodo para você. =p

3 comentários:

Anônimo disse...

É isso! E é cômico também porque a variação de temperatura pode levar qualquer brasiliense à beira de um ataque de nervos, se você for pensar na mocinha que saiu de casa cedo toda encapotada e vai enfrentar o sol de rachar às 14h com o mesmo arsenal de casacos, cachecois - e bota!

O máximo de frio que consegui experimentar foi uma manhã com termômetros marcando 9ºC na serra gaúcha. Confesso que não foi a melhor sensação do mundo. Não gosto de frio mas ao mesmo tempo, calor demais não me faz bem algum...

Para assuntos climáticos (e tantos outros) o meu lema é um só: moderação.

Beijocas.

Viviane Zion disse...

Ah, o assinador automático dos comentários me "trollando"!!! O.O

Fui eu que comentei, viu! Preguiça não me deixou apagar e reescrever...

Bjo.

Emi disse...

hahah Aqui também é assim! Tava comentando isso essa semana. Cheguei a conclusão de que o povo fica ansioso demais pra ficar bonito (já que, sim, roupas de frio são mais legais haha) e aproveita o menor sinal da temperatura caindo! hahah