sábado, 12 de agosto de 2006

Seria diferente...

...se os sonhos que a gente gosta
não terminassem tão de repente!
...se a gente que a gente gosta
gostasse um pouco da gente!
...se quando a gente chorasse,
fosse de contente!
...se a gente que a gente ama
sentisse o que a gente sente!

Mas...é tudo tão diferente...!
Os sonhos de que a gente gosta
terminam tão de repente...
Os bons momentos da vida
não duram eternamente...
A gente de que a gente gosta
nem sempre gosta da gente...
Das vezes de que a gente chora,
poucas vezes são de contente...
E a gente que a gente ama
não sente o mesmo que a gente...

(Autor desconhecido)

Nenhum comentário: