terça-feira, 4 de dezembro de 2007

"(...)
Me leve para quaquer lugar, mas não me faça voltar
De repente a vida pode ser uma viagem
Eu quero te contar as histórias que ouvi
Vou te pegar na sua casa, vou te levar comigo pra longe
Tudo bem, quando termina bem, e os seus olhos não estão rasos d'água
Não podemos evitar que a vida trabalhe com o seu relógio invisível
Mas antes que tudo se acabe, eu preciso dizer a verdade
Acordei com o seu gosto e a lembrança do seu rosto
Já sei o que meus olhos vão querer, impedidos de te ver, vão querer chorar...
(...)"


P.S.: Música, música, música!!!!

Um comentário:

Naty disse...

Eu quero a ultima, ela é muito legal, mas vc fez uma seleção bem bacana.

Beijosss