terça-feira, 28 de abril de 2009

Saudade X Sentir falta

Saudade,
Essa é grandiosa, digna dos grandes poetas.
É a dor no peito, a falta de ar, um misto de vontade de gritar e não se mexer, correr e ficar parado.

Sentir falta,
Isso sim é para os mortais, é simples, suave, tranquila...
Falta é o sapato que te aperta na festa, que não te impede de dançar até o chão, contudo, não te deixa esquecer que ali ele está.

Saudade não te deixa levantar, suga suas forças como um espírito maligno.
A falta não, ela é o que te faz levantar todos as manhãs e perceber que nada mais está como antes, porém que tudo permanece igual.

Enfim..

A saudade é intensa, forte, avassaladora e momentânea.
E a falta? Bem, essa é pequena, branda, calma e diária.


Saudada é o furacão que tudo destrói e a falta é a brisa que movimenta os cabelos mas não pede casaco.

Resumindo,
Saudade é uma coisa, e falta, outra.







P.S.: Sinto saudade de algumas coisas e falta de outras.

3 comentários:

energizeme disse...

~~Saudade mata a gente menina~~

Gostei da explicação.
Agora pensando com os meus miolos retardados: levando em consideração que é possível sentir falta de algo, mas não querer ter esse algo de volta. É possível sentir saudade e não querer mais?

Vítor disse...

Essa saudade aí parece desespero

Raffs disse...

sei que não sou poeta..

mas a saudade faz parte de mim. não existo sem ela, sempre foi e acho que será assim. sei lá.

a gente acostuma, ou não. mas a intensidade é a mesma. as vezes nos acostumamos a ponto de se tornar "sentir falta". alivia, mas ainda há a lembrança da saudade.

=***