domingo, 6 de abril de 2008

Ele:
"...eu sei que eu sou importante pra você desde que você me disse a primeira vez ou alguns minutos antes...
dá pra sentir isso...
só o seu jeito de falar...
a proximidade...
e coisa e tal...
todas essas coisas estão aí...
não precisa de palavras...
não se preocupe Kézia...
nós dois somos feitos pra nos darmos bem e pra nos darmos mal de vez em quando
e nada vai mudar isso..."

~~~~~~~~~~//~~~~~~~~~~~~//~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~//~~~~~~

"Dizer eu te amo...
não são as palavras que eu quero ouvir de você.
Não é que eu não queira que você diga,
mas se você soubesse como seria fácil me mostrar como você se sente...
Mais do que palavras é tudo que você tem de fazer para tornar isso real...
Então você não teria de dizer que me ama.
Pois eu já saberia..."

- Esse é um texto recorrente aqui...um dos meus favoritos, diz muuuuuito, quissá (será que é assim que escreve?) tudo! -

Depois de tanto tempo, acho que consegui provar que é possível sim, que atitudes valem mais do que palavras!

P.S.: E para descobrir isso, tive que dizer, dizer tudo, de todas as formas, do jeito mais sincero e doído, na forma mais pura e simples. Usei palavras para enfim descobrir que não eram necessárias, que sempre disse tudo sem dizer nada...

P.S.²: "Ninguém sabe o que procura até encontrar"

P.S.³: Acho que a procura sempre foi por mim mesma...

Um comentário:

Rafa Boo! disse...

nossa...
que doido, esse texto, mesmo sendo sobre a sua vida, tem muito haver com a minha.
fase louca que passei e agora nova fase, de ter me descoberto, de me conhecer... tem razão quando diz querer se encontrar... só assim consegui um rumo pra mim, e isso é bom!!

deixando os medos pra trás, mas nem todos. Porque sem medo a gente não vive muito.. rs..

saudade de ti!!
;****