quinta-feira, 9 de agosto de 2007


e olhar lá de cima gera um fascínio indescritível, sensação de dono da situação...
E aí, pulo ou não pulo?!
Eis a qustão...

Um comentário:

Kézia disse...

Pule, se joguem, se entregue!
Se quebrar a cara, recomponha-se e recomece, suba tudo outra vez!