domingo, 20 de setembro de 2009

Comentando Comentários (edição especial)

Quanto ao post 'Ciumenta':

Rafa, "Eu també-ém... lero, lero.. p.s.: como se fosse vantagem, né?! mas somos assim. Eu não quero mudar ^^"

Mini-chef, "Tô passada....Pela musica e pela transparência diante de tema tão velado nesse mundo modernoso...."
Energize-me, "O importante é ser você! Gosto muito! =*"

Nêga, "kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk boa essa, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk prefiro nem falar do meu ciúme kkkkkkkkk bjussss"

e outros comentários em off do tipo "é cena!", ""Não creio que ela disse isso" e coisas do gênero..


Beeem,

Como disse minha tão amada prima, vivemos em um mundo modernoso onde nada se assume de cara limpa.
Resumindo: Mundo hipócrita que vive de aparência!

Gente, eu sou ciumenta, mais que isso, ciumenta, possessiva e egoísta.
Sou mesmo, e nunca escondi de ninguém não, a música é hilária e demonstrou muito bem o que eu estava pensando no momento.
Porque eu sou isso, feita de momentos, e o blog mais momentos ainda.

É como eu disse a um Mocinho outro dia: Esse blog sou eu, mas eu não sou só o blog. Ele é feito de intensidade, toda a intensidade possível no momento, momento intenso.


E é isso.

2 comentários:

Sofia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sofia disse...

Kézia Querida,

Quanta revolta, que momento intenso esse, heim?!

O ciúme é inerente ao ser humano. Se bem dosado reflete toda a fragilidade e a sua tão citada intensidade, de uma forma boa.

Quem dá a dose é você, mas não esqueça de lembrar de quem a recebe.

Abraço.