sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Gatoras como eu

"Garotas como eu dificilmente são bem vistas quando passam na rua. Garotas como eu não têm admiradores, e sim intimidadores. Garotas como eu não se contentam com qualquer coisa, mas sempre esperam que os outros deduzam isso. Garotas como eu conseguem transformar a coisa mais simples em um drama completo. Garotas como eu insistem, sofrem e não desistem quando querem algo ou alguém, e quando conseguem, não fazem mais questão. Justamente porque garotas como eu nunca se acham boas o bastante. Garotas como eu quase nunca agradam as pessoas normais, e quando agradam, é só a quem querem agradar. Garotas como eu perceptivelmente não gostam de muitas pessoas normais. Garotas como eu passam uma hora com raiva, e a outra hora distribuindo sorrisos. Passam um minuto chorando, e o outro dançando! Garotas como eu muitas vezes não conseguem chorar. Garotas como eu detestam ouvir o que não querem ouvir, mas sempre querem ouvir a verdade. Garotas como eu selecionam a quantidade de amigos que cabem em suas mãos. Garotas como eu não são simpáticas quando não querem. Garotas como eu preferem ficar sozinhas, mas quase sempre só ficam bem quando não estão sozinhas. Garotas como eu são complicadas, mas fazem valer cada minuto que se perde para entendê-las (garotas como eu quase não encontram alguém que se atreva a entendê-las). Garotas como eu podem até ser raras, mas nem mesmo elas enxergam isso. Garotas como eu conseguem conquistar tudo em 5 meses, e perder tudo em 5 minutos. Uma garota como eu pode te fazer amá-la, e logo depois odiá-la.
E sabe o que eu mais gosto nelas?

É que garotas como eu não são iguais as outras. "
(De Samanta Rietveld, para todas as únicas.)

Fonte: Humor_limão

Um comentário:

Mini-Chef disse...

ADORO!!!!!!!!!!!!!!!!!!eU SOU uma delas!!!!Ou melhor,sou todas elas!!!!!!!!!!!!Bjo e saudadeeeee