domingo, 26 de dezembro de 2010

" [...]

- Certamente que deve haver sempre um sentimento de culpa ao se assassinar alguém.
- Há muita gente que eu próprio gostaria de matar - disse Franklin alegre - Não acredito que a minha consciência me aborrecesse muito quando fosse dormir. Eu, particularmente, acho que pelo menos oitenta por cento da humanidade deveria ser exterminada. Ficaríamos muito melhor sem eles.

[...] "

Cai o pano, Agatha Christie

Nenhum comentário: