quinta-feira, 7 de julho de 2011

Pensamento desconexo

Estava eu em um fotolog desses da vida, me interessei pela foto e fui ler o texto que começava assim:
"Não, você não precisa ter o abdômen do mocinho da novela"
Na hora eu pensei "Esse texto é da Tati!!" e não, eu não o reconheci, eu simplesmente sabia que era dela e ponto. De fato, li a crônica e no fim estava o devido crédito a ela.
Depois fiquei 'matutando' como eu sabia que era dela?? Deve ser o costume de acompanhá-la de perto, mesmo já tendo algum tempo que não leio nada dela, essa forma direta de escrever ficou marcada em mim. 
Talvez seja mais uma caractéristica minha do que dela, não a forma direta de escrever, sim o jeito de reconher o que está escrito. Acontece com certa frequência, eu vejo um desenho ou uma letra, leio um texto e sei de quem é, mesmo que o tempo tenha passado, as coisas ficam aqui e vêm a tona de uma vez.

Não sei muito bem descrever a crônica do início, mas com a primeira frase reconheci a autora e com isso me lembrei de vários textos que eu poderia descrevê-los com detalhes. O problema é esse, eu não me lembro do que me trouxe aqui, mas posso detalhar coisas anteriores.

Enfim...

Foi só mais um comentário sem muito sentido.

2 comentários:

Viviane Zion disse...

Faz sentido...

;)

cacetoides disse...

=o eu não reconheceria o texto de uma pessoa nem que ele fosse escrito só com as letras do nome dela