segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007

Dói, não era para ser assim, mas ainda dói, cada vez mais... Eu não queria que fosse assim, luto cada dia que passa mais e mais, mas, odeio admitir isso, está fora do meu contro...

P.S.: Desculpa, não pude evitar, mas...tudo o que eu não quero é te decepcionar, ferir suas espectativas quanto a mim, farei o possivel e o impossivel para isso, por ter certeza!

Nenhum comentário: