segunda-feira, 15 de janeiro de 2007

Em uma conversa:

"(...)
ela: - Por que você deixou?!
eu:- Eu bem que tentei! Desde quando alguém consegue te segurar quando você cisma com alguma coisa?!?!
ela: - Pior que é, né?!
eu: - Pois é, fiz o que pude...
ela: - Kézia, escuta uma coisa, nunca, nunca cometa o mesmo erro que eu! Tá me entendo, nunca! me promete que não vai!!
eu: - (silêncio)...Pode deixar...hehehe...vou fazer o possível para isso...
ela: - Assim espero...
(...)"

PS.: Fica tranquila, não vou passar por isso não...vai ser difícil, mas...

Nenhum comentário: